Parceria ou Trabalho de graça?

October 10, 2018

Esse tema é bem discutido nas redes sociais. Sabemos que cada um tem a sua experiência e sua opinião, então por aqui falaremos sobre o nosso jeito de enxergar esse assunto polêmico, e não uma verdade mundial. :) Dito tudo isso, como fazemos? 

 

A verdade é que não existe preto e branco, não trabalhamos com parcerias normalmente, mas já fizemos alguns trabalhos de graça sim. Acredito que tudo depende do que o artista considera ser o melhor.

 

Logo no começo, fizemos alguns trabalhos de graça principalmente para amigos e familiares. Foi muito importante para nós, porque com eles aprendemos a fazer o que fazemos hoje. Usamos esses trabalhos para criar o nosso portfolio e também para adquirir experiência. Foram decisões muito acertadas, e já recomendamos por aqui para artistas iniciantes fazerem o mesmo.

 

Não foi só na nossa fase inicial que usamos paredes amigas para adquirir mais experiência no trabalho. Até hoje fazemos isso de tempos em tempos para testar novas ideias. Normalmente conversamos com um amigo próximo ou familiar, pedimos uma parede e também liberdade criativa. Como nosso trabalho é grande, faz muita diferença vê-lo em uma parede, e não no papel. Ainda assim são ocasiões muito específicas, tanto para gente quanto para quem cede a parede, já que essa pessoa tem que estar aberta para um desenho que nem sempre seria a encomenda dela. Mas funciona muito bem no mês em que os trabalhos estão mais lentos, e momentos em que surgem novas ideias.

 

Um dos nossos primeiros trabalhos e que adoramos! Fizemos de graça na casa de uma grande amiga, nosso primeiro jardim

 

Além deste tipo de trabalho de graça, não são poucas as vezes que recebemos propostas de empresas ou desconhecidos para supostas parcerias. Digo supostas, porque constantemente estas ofertas levam em consideração muito mais os benefícios de quem entrou em contato do que os nossos. E esse é o grande lance da parceria! Não necessariamente é um monstro, mas só é interessante se valer a pena para você. 

 

O que mais ouvimos é parceria em troca de divulgação. Dificilmente trabalhamos assim e vou explicar porquê. Você sempre tem que lembrar que você tem um público, e esse público é alcançado de uma forma específica. Não adianta nada ter divulgação, se essa divulgação não chegar ao seu público. Isso quer dizer que para você aceitar uma parceria desse tipo, antes você tem que entender quem é o seu público alvo, quem é público alvo deste cliente, e se ele tem capacidade de atingir esse público. Muita gente tem milhões de seguidores, mas poucas centenas de likes nas publicações. Além disso, sempre questionamos se tem mais alcance do que nós mesmos. Com essas informações em mente, pensando nos custos, agenda e trabalho que dá, é possível saber o que compensa ou não.

 

Por outro lado já fizemos parceria com um cliente que tinha um estabelecimento que acreditávamos que seria frequentado por um público que pudesse ter interesse pelo nosso trabalho. Fechamos a parceria e para nós funcionou extremamente bem, muito mais do que um canal com muitos seguidores poderia funcionar provavelmente. Todos os casos tem que ser analisados individualmente.

 

Outro caso que aconteceu conosco foi nos programas que participamos no GNT, que também trabalham com parceria. Acabamos decidindo que valeria a pena para nós e topamos. Para nós foi ótimo, porque vimos como ter o nosso nome relacionado à um canal tipo o GNT nos deu mais credibilidade e confiança para certos clientes. Além da mídia gerada que é algo interessante para nós.

 

Nosso desenho, nós e a apresentadora Thalita Carvalho, no programa Mais Cor Por Favor

 

É preciso ter muito cuidado com parcerias. Cuidado com promessas de divulgação ou até mesmo casos em que o cliente promete um "trabalho futuro". Tudo depende do momento em que você está como artista, algumas parcerias podem valer a pena agora, mas não em dois meses.

 

Acreditamos que no final o mais importante é você analisar bem e depois ser fiel ao que você acredita. Um cliente que valoriza seu trabalho e disposição, pode valer muito mais do que um cliente que se diz famoso. Não faça nada que você se sinta mal fazendo, e especialmente não deixe ninguém diminuir o seu trabalho! A parceria só funciona se de fato os dois lados sairem ganhando, se não é só trabalho de graça mesmo :)

 

 

 

Share on Facebook
Please reload